Vídeo (Objeto multimídia)
SOBRE A ESGRIMA

Regras da Esgrima

Os combates são realizados em uma pista retangular metalizada devidamente aterrada de 14m de comprimento e mais 1,5m a 2,00m de recuo de cada lado por 1,50m a 2,00m de largura. Cada esgrimista tem um fio ligado a ele, conectado em sua arma numa extremidade e no aparelho marcador de pontos na outra extremidade. Este marcador fica instalado na parte central da área de combate e possui 4 luzes(1 branca e 1 colorida) para cada esgrimista. Antes do início da competição, os equipamentos são inspecionados e qualquer irregularidade com o equipamento terá que ser substituído por outro, por isso sempre se deve levar equipamento extra.

Nas competições oficiais, as disputas são realizadas com atletas de mesmo sexo, individual e por equipes.

Se um atleta sair da pista de maneira proposital, der as costas a ele, usar a mão desarmada ou conduta anti-desportiva, poderá ser advertido com cartão amarelo, na reincidência de alguma penalidade recebe o cartão vermelho, beneficiando o adversário com 1(um) ponto e até mesmo receber o cartão preto sendo excluído da competição. 

Os atletas deverão estar ligados por um fio de corpo conectando suas armas ao placar eletrônico, no caso do florete o colete metálico também deverá estar conectado e no sabre além da jaqueta a máscara deverá estar conectada.

Cada arma da esgrima possui uma área específica de pontuação:

Florete – O toque só é válido se for executado acima da cintura (frente, laterais e nas costas) não incluso os braços e máscara e com a ponta da arma, para isso existe uma peça metálica achatada na ponta do florete com uma mola que quando comprimida com uma pressão superior a 500 gramas, é emitido um contato elétrico ao placar que por sua vez acenderá uma luz colorida (habitualmente verde e/ou vermelha) se o toque for válido (para isso os esgrimistas vestem um colete metálico) ou uma luz branca quando o toque for dado em área não válida, ou seja, fora do colete metálico. No caso de toque for feito de forma simultânea, o ponto vai para quem iniciar o ataque primeiro, em caso de defesa do adversário que chamamos de “parada” ou não haver o toque por parte de quem atacou primeiro, a preferência de pontuação passa a ser do oponente casa haja um novo toque simultâneo e assim por diante.
Nota:
A luz branca e a colorida poderão acender simultaneamente nesta ordem considerando toque não válido, o contrário não ocorre.

Sabre - O toque só é válido se for executado acima da cintura (frente, laterais e nas costas) incluindo os braços e em qualquer parte da máscara metálica, com a ponta da arma ou de corte (com a lateral da lâmina), basta encostar com a lâmina na área de pontuação, para acender a luz colorida, se o toque for válido (para isso os esgrimistas vestem uma jaqueta metálica) ou uma luz branca quando o toque for dado em área não válida, ou seja, fora da jaqueta metálica. No caso de toque for feito de forma simultânea, segue a regra do florete.
Nota: O sistema do marcador eletrônico é o mesmo do florete, as mãos são consideradas zonas não válidas.

Espada – O toque é válido em qualquer parte do corpo do oponente com a ponta da arma somente similar a do florete, mas com pressão superior a 750 gramas, acionando o placar que por sua vez acenderá somente a luz colorida. Na espada o toque simultâneo é considerado ponto para ambos.
Nota: A pista de competição e o copo das armas (florete, sabre e espada) possuem aterramentos, portanto na modalidade de espada os confrontos são mais dinâmicos, pois, a luz branca que interrompe os combates das outras armas, nesta modalidade não acende.

As competições de esgrima são disputadas em duas fases distintas:

Classificatória: chamada de “poules”, onde os esgrimistas, como são chamados os praticantes da modalidade, são divididos em grupos (baseando-se no ranking) e todos jogam entre si dentro do grupo em combates de até 5(cinco) pontos ou no tempo de 3(três) minutos(o que ocorrer primeiro), neste caso ganha quem tiver mais pontos;
Nota: Para determinar a ordem de classificação nesta fase, é levado em consideração o número de vitórias e o saldo de pontos.

Eliminatórias: Onde é feita uma nova chave onde o melhor colocado nas “poules” joga com o último colocado, o segundo com o penúltimo e assim sucessivamente. As eliminatórias são disputadas em combates de 15(quinze) pontos e em até três tempos de 3(três) minutos(o que ocorrer primeiro), com 1(um) minuto de intervalo entre eles e somente os vencedores vão avançando até que se defina quem são os campeões, caso o combate termine empatado, será feito mais 1(um) minuto de disputa e o primeiro que pontuar será declarado o vencedor.

PESQUISAR
Flèche - Material de Esgrima
Parceiros
ABE - Associação Brasileira de Esgrimistas
Korukian